Justiça nega 37º recurso da pena de Luiz Estevão

autor Misto Brasília

Postado em 22/06/2018 17:42:41 - 17:38:00


Recurso de Luiz Estevão foi negado pelo Tribunal Regional Federal da 3a. Região/Arquivo

MPF informou que o pedido representou a tentativa de continuar discutindo o caso da condenação

 

A decisão, por maioria (4x1, com voto vencido do relator do processo, Maurício Kato) a 4ª Sessão do Tribunal Regional Federal (TRF3) negou pedido de revisão criminal apresentado por Luiz Estevão de Oliveira Neto, o empresário que foi senador e que está preso no Complexo Penitenciário da Papuda.

A defesa do ex-senador pediu a reforma do acórdão que o condenou pelos crimes de peculato, estelionato, corrupção passiva, formação de quadrilha e uso de documento falso por desvio de recursos na construção do Fórum Trabalhista de São Paulo, entre 1992 e 1998 (MPF).

Segundo a assessoria de imprensa, o Ministério Público Federal apontou que essa revisional de Luiz Estevão representou a tentativa de continuar discutindo o caso na Justiça, apresentando uma espécie de 37º recurso, mesmo após o trânsito em julgado da ação. Ele aponta que não é cabível, em ação revisional, “a mera reiteração de teses já expostas e analisadas no julgado objeto de impugnação, especialmente se os argumentos do ex-senador já foram examinados e rechaçados por todas as instâncias”. 

 


Passageiros filmam avião em chamas nesta tarde em Belo Horizonte
Guedes fala em antecipar receitas para os governadores
veja +
Ibaneis volta a dizer que não quer o chefão do PCC no DF e pede fechamento de presídio
Coordenadora diz que grupo de trabalho não vai atrasar análise do pacote anticrime
Presidente da CCJ espera "melhora do cenário político"
veja +