Nova derrota de Lula da Silva no STJ

autor Misto Brasília

Postado em 12/06/2018 21:09:45 - 21:06:00


Ministro do STJ negou pedido para simplesmente anular a pena a Lula/Arquivo

Ministro negou pedido para suspender todos os efeitos da pena e libertar o ex-presidente

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Félix Fischer, negou o pedido da defesa do ex-presidente Lula da Silva para suspender em todos os efeitos da pena de reclusão, o que incluiria libertar o ex-presidente da prisão e torná-lo elegível para as eleições de 2018.

Na avaliação do ministro, como o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) ainda não decidiu se vai ou não remeter o recurso especial do ex-presidente ao STJ, seria “uma verdadeira antecipação do julgamento” autorizar o efeito suspensivo nessa altura do processo, registrou a Veja.

Na petição ao ministro, a defesa alegou que a pressa se justificava pelo fato de Lula ser pré-candidato à Presidência da República pelo PT e precisar da suspensão da pena para participar do processo eleitoral. De acordo com seus advogados, o ex-presidente “corre sérios riscos” de ter “seus direitos políticos cerceados” se ficar de fora da eleição.


Temporal provoca estragos na Lagoa da Conceição, em Florianópolis
Rollemberg diz que Ibaneis mostra preconceito ao sugerir fechar a orla do Lago
veja +
Proposta reserva vagas de instituições de ensino para pessoas com deficiência
Câmara analisa propostas para deduzir do IR despesas com remédios, óculos e próteses
Ibaneis disse que vai "colaborar" para a aprovação da reforma previdenciária
veja +