Morre o jornalista Audálio Dantas

autor Misto Brasília

Postado em 30/05/2018 18:47:09 - 18:42:00


Jornalista Audálio Dantas marcou a História do jornalismo brasileiro/Arquivo/Divulgação

Audálio Dantas foi presidente do Sindicato dos Jornalistas do Estado de SP na época da ditadura

O jornalista, escritor e poeta Audálio Dantas morreu hoje à tarde (30), aos 89 anos, no Hospital Premier, na capital paulistana. A família não divulgou detalhes sobre o velório, informou a Agência Brasil. O velório será às 10 horas, nesta quinta-feira, no Hospital Premier (Vila Coreira, SP) e a partir das 12 horas no auditório Vladimir Herzog (Vila Buarque). A cremação será no Cemitério Vila Alpina em horário a ser definido. Atualizado às 21h15

Audálio Dantas era presidente do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo na época da ditadura militar, quando o jornalista Vladimir Herzog foi morto pela repressão. Dantas foi premiado pela Organização das Nações Unidas (ONU) por sua luta a favor dos direitos humanos.

Ele foi o primeiro presidente eleito por voto direto da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e deputado federal pelo PMDB (hoje MDB) de São Paulo na década de 1970. Como jornalista, Dantas trabalhou nas  revistas O Cruzeiro e Quatro Rodas e no jornal Folha da Manhã. 


AO VIVO Radio 247
AO VIVO Tropical House Radio
veja +
Coordenadora diz que grupo de trabalho não vai atrasar análise do pacote anticrime
Presidente da CCJ espera "melhora do cenário político"
Senado vai votar permissão para pais que estudam ficarem com filhos na sala de aula
veja +