TSE mantém condenação de Agnelo e aplica multa em Filippelli

autor Misto Brasília

Postado em 23/05/2018 10:24:02 - 10:19:00


Corte superior mantém proibição de Agnelo concorrer em eleições/Arquivo

Ex-governador do DF foi condenado por abuso de poder político e conduta vedada a agente público

 

Foi mantida pelo Tribunal Superior Eleitoral inelegibilidade, por oito anos, do ex-governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT). O julgamento foi ontem à noite após análise de três embargos de declaração que foram rejeitados por unanimidade pelos ministros do TSE.

Ele foi condenado por abuso de poder político e conduta vedada a agente público, delitos praticados enquanto ocupava o cargo. O plenário também manteve a imposição de multa, no valor de R$ 106.410, a Agnelo e a seu vice, Tadeu Filipelli, em virtude do reconhecimento da conduta vedada praticada por ambos.

A assessoria do TSE lembra que ex-governador do DF havia sido sentenciado em virtude da utilização de espaço institucional do governo para fazer propaganda exaltando seu mandato. A decisão de hoje foi tomada na análise de três embargos de declaração que foram rejeitados por unanimidade pelos ministros do TSE.

 


Senador Kajuru chama o ministro do STF Gilmar Mendes de "canalha", "corrupto" e "bandido"
Manifestação contra a decisão do STF que atinge a Operação Lava Jato
veja +
Senado vai votar permissão para pais que estudam ficarem com filhos na sala de aula
Sancionada a Lei que estabelece idade mínima de 16 para casamento civil
Lei que permite bloquear recursos de acusados por terrorismo é sancionada
veja +