Abusos sexuais e a renúncia dos bispos chilenos

autor Misto Brasília

Postado em 18/05/2018 11:48:25 - 11:44:00


Papa Francisco recebeu a denúncia de 34 bispos chilenos nesta semana/Arquivo

O escândalo de abusos devastou a credibilidade da Igreja no Chile, país de forte tradição católica

Todos os 34 bispos chilenos que compareceram a uma reunião nesta semana com o papa Francisco sobre o encobrimento de abusos sexuais no país ofereceram suas renúncias, disseram os bispos em um comunicado divulgado nesta sexta-feira. Não ficou claro de imediato se o papa aceitaria todas ou algumas das renúncias, de acordo com a Reuters.

“Colocamos nossas posições nas mãos do Santo Padre e deixaremos que ele decida livremente por cada um de nós”, disseram os bispos em sua declaração, na qual também pediram desculpas ao Chile, às vítimas de abusos e ao papa pelo escândalo.

O escândalo de abusos devastou a credibilidade da Igreja no Chile, país de forte tradição católica, e também prejudicou a imagem do papa, uma vez que neste ano o pontífice defendeu fortemente um bispo acusado de envolvimento no suposto encobrimento, antes de reverter sua posição.


Luís Miranda diz que Ibaneis falhou em não articular relator da MP da região metropolitana
AO VIVO - explicações sobre a reforma previdenciária dos militares
veja +
Senado vai votar permissão para pais que estudam ficarem com filhos na sala de aula
Sancionada a Lei que estabelece idade mínima de 16 para casamento civil
Lei que permite bloquear recursos de acusados por terrorismo é sancionada
veja +