Turma do STF adia decisão sobre deputado da Lava jato

autor Misto Brasília

Postado em 15/05/2018 21:24:49 - 21:21:00


Nelson Meurer é o primeiro parlamentar a ser julgado pelo STF no âmbito da Lava Jato/Arquivo

Mérito ficou para a terça-feira, quando serão proferidos os votos de cinco ministros

 

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) adiou a conclusão do julgamento do deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) e de dois filhos dele pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

O julgamento será retomado na próxima terça-feira (22) para a tomada dos votos de mérito, que serão proferidos pelo próprio relator, ministro Edson Fachin, o revisor da ação penal, ministro Celso de Mello, além de Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Dias Toffoli (que já deve ter retornado da Rússia).

É a primeira ação penal da Operação Lava Jato julgada pela Corte após a chegada dos primeiros inquéritos, em 2015.

Na sessão de hoje, o relator da ação penal, Edson Fachin, e o revisor, Celso de Mello, rejeitaram seis questões preliminares que impediriam o julgamento, como alegações de cerceamento de defesa, falta de perícia contábil e depoimentos de testemunhas favoráveis à defesa.  

 


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +