PF pede e PGR concorda em prorrogar investigação dos portos

autor Misto Brasília

Postado em 04/05/2018 15:22:00 - 15:19:00


Posição da procuradora-geral Raquel Dodge ainda não foi levada ao STF/Arquivo

Ponto central é um decreto assinado pelo presidente Temer que teria beneficiado a ele e amigos

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, concordou com o pedido feito pela Polícia Federal para prorrogação por 60 dias do inquérito dos portos, que investiga se o presidente Michel Temer cometeu crimes na edição de um decreto ano passado que mudou regras portuárias, afirmou a assessoria de imprensa do órgão à Reuters nesta sexta-feira.

A íntegra da manifestação de Dodge não foi divulgada até o momento. A PF havia requerido mais tempo a fim de se aprofundar nas investigações.

A manifestação de Dodge ainda não foi encaminhada ao relator do inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, a quem caberá decidir se aceita ou não dar mais tempo para a conclusão das apurações.


AO VIVO Radio 247
AO VIVO Tropical House Radio
veja +
Coordenadora diz que grupo de trabalho não vai atrasar análise do pacote anticrime
Presidente da CCJ espera "melhora do cenário político"
Senado vai votar permissão para pais que estudam ficarem com filhos na sala de aula
veja +