PF pede e PGR concorda em prorrogar investigação dos portos

autor Misto Brasília

Postado em 04/05/2018 15:22:00 - 15:19:00


Posição da procuradora-geral Raquel Dodge ainda não foi levada ao STF/Arquivo

Ponto central é um decreto assinado pelo presidente Temer que teria beneficiado a ele e amigos

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, concordou com o pedido feito pela Polícia Federal para prorrogação por 60 dias do inquérito dos portos, que investiga se o presidente Michel Temer cometeu crimes na edição de um decreto ano passado que mudou regras portuárias, afirmou a assessoria de imprensa do órgão à Reuters nesta sexta-feira.

A íntegra da manifestação de Dodge não foi divulgada até o momento. A PF havia requerido mais tempo a fim de se aprofundar nas investigações.

A manifestação de Dodge ainda não foi encaminhada ao relator do inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, a quem caberá decidir se aceita ou não dar mais tempo para a conclusão das apurações.


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +