Gilmar muda de ideia e ataca a Imprensa

autor Misto Brasília

Postado em 04/04/2018 15:39:17 - 15:34:00


Gilmar Mendes disse que está sofrendo pressão da imprensa/Reprodução vídeo

Relator do HC, Edson Fachin, rejeitou o pedido pela defesa do ex-presidente Lula da Silva

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, pede a palavra e apoia os ministros Gilmar Mendes e Marco Aurélio. Segundo ele, Edson Fachin reconheceu que o habeas corpus de Lula da Silva servirá para revisão ampla da posição do STF quando decidiu levá-lo a julgamento no plenário. A princípio, habeas corpus são julgados pelas turmas.

[O Misto Brasília está transmitindo ao vivo a sessão de julgamento – Seção TVs Públicas]

Edson Fachin vota, como esperado, pela rejeição do pedido de habeas corpus de Lula da Silva. Gilmar Mendes, que tem viagem marcada para compromisso em Portugal, pede para antecipar sua manifestação e será o segundo a votar. Normalmente, ele é um dos últimos por ser um dos ministros mais antigos

Gilmar Mendes, que em 2016 ficou a favor da prisão após a condenação em segunda instância, mudou de posição e agora deve ficar contra. Ele disse estar sofrendo pressão da imprensa por sua suposta incoerência: "Não lembro em todos esses anos de uma mídia tão opressiva, até chantagista".

Não é a primeira vez que Gilmar muda de ideia nesse tema. Em 2009, ele votou contra a prisão após a condenação em segunda instância, em 2016 a favor, e agora deve ficar contra. Disse que mudou de novo "após fazer uma reflexão". (Da BBC)


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +