TSE cassa mandato de governador do Tocantins

autor Misto Brasília

Postado em 22/03/2018 11:56:41 - 11:53:00


Marcelo Miranda terá que deixar o cargo com a decisão do TSE/Arquivo

Decisão tem efeito imediato e, com isso, Marcelo Miranda e sua vice terão que deixar o cargo

 

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu hoje (22), por 5 votos a 2, cassar o mandato do governador do Tocantins, Marcelo Miranda, e de sua vice, Cláudia Lelis, faltando poucos mais de nove meses para o fim do mandato.

Por 4 votos a 3, os ministros do TSE decidiram também pelo cumprimento imediato da medida, mesmo que a defesa dos políticos ainda possa entrar com embargos para recorrer contra a decisão.

Os políticos foram acusados pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) de abuso de poder econômico na campanha de 2014. Ambos teriam contraído um empréstimo supostamente fictício de R$ 1,5 milhão, feito pelo irmão de Miranda, mas os recursos foram destinados a abastecer caixa dois da campanha eleitoral do governador, segundo a denúncia.

O processo foi iniciado após a apreensão de R$ 500 mil em espécie em um avião na cidade de Piracanjuba (GO). A bordo, estavam também milhares de santinhos da campanha de Miranda.

Miranda e Cláudia Lélis acabaram absolvidos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), por ausência de provas, pois mensagens de WhatsApp colhidas nos celulares dos acusados teriam sido obtidas de forma ilegal. 

 


PM reprime tentativa de invasão do Ministério da Educação
Senador apresenta projeto que autoriza adolescentes a dirigir
veja +
Ibaneis disse que ficou triste com investigações contra médicos de hospital
Projeto reforça garantia de liberdade de expressão em escolas e universidades
Telefônicas podem ser obrigadas a atender todos os distritos em quatro anos
veja +