João de Deus e a força da cura

autor Misto Brasília

Postado em 12/03/2018 16:40:30 - 16:30:00


Documentário mostra a vida de João de Deus e o trabalho na Casa Dom Inácio/Arquivo/Divulgação

Documentário sobre o mais famoso médium será exibido pela primeira vez em Brasília

“João de Deus, o silêncio é uma prece” é o nome do documentário que será apresentado nesta quarta-feira (13) à noite no Cine Brasília. A obra de 83 minutos narra a história do médium João de Deus e do trabalho feito na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, Goiás, o maior hospital espiritual da América Latina.

Abadiânia tem 13 mil habitantes. Não possui atrações turísticas, mas há mais de 30 hotéis e uma concentração de visitantes estrangeiros de causar inveja aos grandes polos turísticos nacionais.

Não é para menos. O município chega a receber por dia 10 mil pessoas atraídas pela fé na cura e no poder do médium de 1,80 metros de altura e olhos azuis.

É a primeira vez que o documentário será apresentado no Distrito Federal. A sessão, com entrada franca, contará com as presenças do diretor Candé Salles, da roteirista Edna Gomes e do protagonista do filme, o médium João de Deus, nascido João Teixeira de Faria, 74 anos.

No restante do mundo, onde sua fama é bastante conhecida, ele é conhecido como John of God. João é analfabeto funcional e caçula de seis filhos de um alfaiate e uma dona de casa que moravam em Cachoeiro da Fumaça (GO).

Segundo Candé Salles, a ideia de produzir o documentário surgiu partir do relato de amigos atendidos pelo médium. “Fiquei impressionado pela história de cura do câncer da mulher de um amigo e decidi dirigir esse documentário, que tem roteiro assinado pela jornalista Edna Gomes”, explica.

A Casa de Dom Inácio é uma construção azul e branca de mais de 12 mil metros quadrados, fica na rua principal da parte nova de Abadiânia. Há 1,5 mil leitos para descanso na construção.

O psiquiatra Frederico Camelo Leão, do Núcleo de Estudos de Problemas Espirituais e Religiosos da Universidade de São Paulo (Neper/USP), tem uma explicação para esse fenômeno. Segundo o que disse à revista IstoÉ, uma cirurgia espiritual pode ser, basicamente, um conjunto de transes.

“Não é à toa que a operação só acontece depois de várias visitas do paciente, que vai se tornando cada vez mais receptivo ao que lhe for apresentado”, afirma. Isso esclarece a predisposição à hipnose, por exemplo, que tem força para eliminar a dor dos cortes. Mesmo tendo na ponta da língua a explicação científica, o médico reconhece a dimensão dessas curas espirituais. “Tem muita gente relatando melhora, é um fenômeno digno de ser estudado”. 

Na Casa de Dom Inácio é comum encontrar médicos que acreditam na cura através de João de Deus. Caso de Ícaro Batista, 62 anos, professor na Universidade de Brasília (UnB), que diz ter se curado de um câncer de próstata em estado avançado por meio do médium goiano.

“Posso afirmar que se não fosse o tratamento espiritual não estaria novinho em folha”, afirma Batista, que desde 2005 passa quatro dias em Brasília e três em Abadiânia.


Fraga diz que haverá motim se for extinta Casa Militar no DF
Exército lembra Stan Lee em homenagem que fez aos soldados em 2016
veja +
Pode virar lei proposta que facilita concessão de benefícios a pessoas com lúpus ou epilepsia
Comissão de Agricultura aprova política de incentivo à produção de etanol
Escolas públicas podem ser obrigadas a exibir resultados no Ideb
veja +