STF nega recurso e deputado de SC deverá ser preso

autor Misto Brasília

Postado em 06/02/2018 18:40:31 - 18:35:00


STF nega recurso e João Rodrigues vai ter que cumprir condenação/Arquivo/Divulgação/PSD

João Rodrigues poderá recorrer ainda em liberdade, mas a Corte negou a reconsideração da pena

Mais um deputado federal que foi prefeito deverá ser preso, a exemplo de Paulo Maluf (PP-SP) e Celso Jacob (MDB-RJ).  João Rodrigues (PSD-SC) vai recorrer por enquanto em liberdade da negativa de um recurso que apresentou na 2ª. Turma do Supremo Tribunal Federal. O recurso foi derrubado hoje por três votos a dois.

O parlamentar foi condenado a cinco anos e três meses de prisão pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região por um crime cometido em 1999, quando passou 30 dias como prefeito interino de Pinhalzinho (SC).

Ele respondeu por fraude em licitação ao autorizar, de forma ilegal, a compra de uma escavadeira para a prefeitura no valor de R$ 40 mil. Os ministros negaram o recurso porque entenderam que não cabe ao STF fazer novas análises de provas. 


AO VIVO - Câmara Legislativa do DF
Tempestade provoca inundação em Brasília neste domingo
veja +
Governador do Piaui aposta na unificação de pautas entre os estados
Ibaneis anuncia 37 parques nos próximos anos na entrega do Lago Cortado
LDO prevê salário mínimo de R$ 1.040 em 2020, com correção apenas pela inflação
veja +