Netshoes tem prazo para responder sobre vazamentos

autor Misto Brasília

Postado em 29/01/2018 18:28:21 - 18:20:00


Clientes do site de compras tiveram seus dados vazados, como CPF e e-mails/Facsímile

Dados pessoais de quase 2 milhões de clientes vazaram, mas o site de compras faz pouco caso

O site de compras Netshoes tem até esta terça-feira (30) para responder se aceita a recomendação do Ministério Público do Distrito Federal. Os promotores querem que a empresa entre em contato com os clientes que tiveram seus dados vazados.

A invasão de informações como e-mail, data de nascimento, histórico de compras e CPF afetou quase 2 milhões de usuários cadastrados no sítio eletrônico. Centenas de vítimas foram registradas com e-mails de órgãos públicos do Distrito Federal.

O Ministério Público informou que pela “gravidade dos fatos e da falta de comunicação clara da empresa aos clientes prejudicados”, que apenas receberam e-mail genérico sobre segurança digital, instaurou inquérito civil público e expediu a recomendação. O objetivo é investigar as circunstâncias e causas do incidente de segurança e apurar as responsabilidades pelos danos causados.

O promotor de Justiça e coordenador da Comissão, Frederico Meinberg, disse que os códigos de referência das compras no site indicaram a aquisição de produtos de saúde, como monitor de pressão arterial, o que caracteriza dados pessoais sensíveis dos titulares.


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +