Gebran diz que há provas de crimes de corrupção

autor Misto Brasília

Postado em 24/01/2018 12:38:05 - 12:34:00


Gebran ainda lê neste momento seu relatório do julgamento do recurso de Lula/Reprodução video

Desembargador que é o relator do processo diz que há prova razoável que Lula foi um dos articuladoes

O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator do processo sobre o ex- Lula da Silva no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), afirmou que há provas de que se deram os crimes de corrupção ativa e passiva em favor do PT e de envolvimento de Lula. Antes, o procurador regional afirmou que Lula se corrompeu.

Assista ao vivo pelo site na Seção Vídeo – ao lado

“Há prova razoável que o ex-presidente foi um dos articuladores, senão o principal, do amplo esquema de corrupção”, afirmou. “As provas aqui colhidas levam à conclusão de que, no mínimo, tinha ciência e dava suporte do que ocorria no seio da Petrobras, destacadamente a destinação da propina para o Partido dos Trabalhadores para o financiamento de campanhas políticas.”

Segundo o desembargador, os processos já julgados pelo tribunal no âmbito da Lava Jato podem levar à conclusão “irrefutável” da existência de um cartel com o objetivo de fraudar licitações na Petrobras.

Ele disse que há um esquema de corrupção sistêmica instalada na maior estatal do país e que não serviu apenas ao enriquecimento pessoal, mas também para o financiamento de campanhas.


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +