Cunha pode ser condenado a mais 386 anos de cadeia

autor Misto Brasília

Postado em 16/01/2018 13:50:45 - 13:47:00


Eduardo Cunha pode ser condenado a mais 386 anos de prisão pela justiça federal/Arquivo

Ministério Público Federal também pediu hoje à justiça condenação de 78 anos para Henrique Alves

As marchinhas “Japonês da Federal” e “É cana” desfilaram no Carnaval de 2016 e do ano passado ao fazer galhofa com prisão de proeminentes da República. E pelo jeito novas marchinhas vão povoar a criatividade dos carnavalescos deste ano, porque a caça aos políticos não acabou.

Hoje, Ministério Público Federal (MPF) no Distrito Federal pediu a condenação dos ex-deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN)Para Cunha o pedido foi de 386 anos e para Henrique Alves, 78 anos por crimes como lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Ambos são ex-presidentes da Câmara dos Deputados.

O pedido do MPF foi enviado ao juiz Vallisney de Oliveira. A defesa agora terá sua chance de apresentar as alegações finais antes que a sentença seja formulada. A defesa de Cunha disse em nota há pouco que a peça dos procuradores é uma "ficção cientítifca". As alegações finais do MPF envolvem a investigação de desvios Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS), administrado pela Caixa Econômica Federal.

Na delação premiada, Fábio Cleto, indicado para a Caixa por Cunha, narrou irregularidades que teriam ocorrido entre 2011 e 2015, segundo lembra o G1. Nesse período, Cunha teria ficado com 80% da propina desviada do fundo; Funaro, com 12%; Cleto, com 4%; e Margotto, também com 4%.


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +