Governo federal proíbe novos concursos públicos

autor Misto Brasília

Postado em 09/01/2018 21:05:39 - 21:04:00


Decreto extingue cargos e proíbe concursos novos/Arquivo/Divulgação

Ato presidencial que será publicado nesta quarta também extingue 60 mil funções sem ocupação

Depois de quase cinco meses - após ter anunciado em agosto do ano passado - o Palácio do Planaltol publica quarta-feira (10) no Diário Oficial da União, o decreto presidencial que acaba com 60,9 mil cargos da administração pública federal que já estão vagos, já extintas ou que dependeriam de novos concursos públicos para serem ocupados.

Entra também em vigor a proibição de novos concursos públicos ou a ampliação do número de vagas adicionais em certames já autorizados., como o do Ministério da Fazenda.

De concreto a extinção de cargos não vai refletir em economia da folha de pagamento, pois há tempos os cargos não estavam sendo ocupados. É o caso de agentes administrativos de ministérios, odontólogos, auxiliares de enfermagem e agentes de saúde pública da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), na qual deixarão de existir 5 mil cargos, como também datilógrafos, agente de microfilmagem e perfurador digital, que são quadros da Imprensa Nacional.


AO VIVO - Câmara Legislativa do DF
Governador gaúcho diz que está comprometido com as reformas
veja +
Deputados questionam propostas da Frente Parlamentar do Livre Mercado
Ibaneis diz que Brasília será um grande centro de distribuição para o Brasil
Senadores comentam crise no governo Bolsonaro
veja +