Presidente do Democratas passa a ser réu no STF

autor Misto Brasília

Postado em 12/12/2017 17:58:01 - 17:57:00


Senador Agripino Maia amplia o time de réus no Senado Federal/Arquivo/Agência Senado

Denúncia apresentada pela PGR acusa Agripino Maia de se beneficiar de propina

O presidente nacional do Democratas, senador Agripino Maia (RN), passa a figurar como réu na denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) em suposto recebimento de propina na construção da Arena das Dunas. O estádio preparado para a Copa do Mundo teria provocado prejuízos de R$ 77 milhões.

No Senado também são réus os senadores Valdir Raup (PMDB-RO), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Dário Berger (PMDB-SC), Ivo Cassol (PP-RO) e Sérgio Petecão (PSD-AC) que foram denunciados também por casos de corrupção. No caso de Agripino, a denúncia foi aceita hoje por quatro votos a um pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal. da construtora OAS.

A PGR acusa o senador potiguar por por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Segundo a denúncia, o senador teria usado sua influência política para liberar créditos que se encontravam travados no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em favor da construtora OAS, responsável pela obra. De acordo com a PGR, Agripino teria recebido da construtora mais de R$ 654 mil por meio de sua conta bancária, entre os anos de 2012 e 2014. 


Governador do DF, Ibaneis Rocha, afirma que o TCU é um "tribunal de merda"
AO VIVO TV Euronews
veja +
Câmara conclui MP da Liberdade Econômica e aprova projeto de abuso de autoridade
Ibaneis sobre a avó de Michele Bolsonaro: se quero atendimento mais rápido pago plano de saúde
CCJ do Senado aprova atuação de juizados de violência doméstica
veja +