Banco do Brasil, Bradesco e loja condenados pela justiça de Brasília

autor Misto Brasília

Postado em 05/12/2017 17:36:05 - 17:30:00


Loja da C&A em um dos shoppings no Distrito Federal/Arquivo/Divulgação

Instituições terão que indenizar consumidores que se sentiram prejudicados pelos serviços

A justiça de Brasília condenou dois bancos e uma loja a indenizar consumidores que se sentiram lesados. No primeiro caso, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal negou recurso do Banco do Brasil e manteve sentença do 1º Juizado Cível Águas Claras, que o condenou a pagar indenização por danos morais a um correntista, ante o cancelamento de cheque especial.

No processo, o autor da ação afirma que só tomou ciência de que seu crédito estava cancelado no momento em que foi retirar as cártulas de cheque, de acordo com a assessoria de imprensa do TJDF. O valor da reparação por danos morais foi de R$ 3 mil.

No outro caso, o 3º Juizado Especial Cível de Brasília condenou as lojas C&A e o Banco Bradesco a pagarem, de forma solidária, R$ 4 mil a uma consumidora, a título de indenização por danos morais. A consumidora alegou cobranças irregulares relativas ao cartão da C&A – por sua vez, conveniada com o Banco Bradesco – além de saques que ela não teria realizado.


AO VIVO TV Câmara Legislativa
Estudantes do Gisno protestam contra a adoção do modelo cívico-militar
veja +
Maia vai instalar nesta quarta comissão para discutir novas regras para o saneamento
Deputados cobram desbloqueio de recursos para a educação
Presidente da Cobap, Warley Gonçalves, sugere uso da máquina para reeleição
veja +