Polícia de GO e DF fazem operação contra a máfia dos concursos

autor Misto Brasília

Postado em 30/10/2017 07:15:40 - 08:15:00


Suspeito é preso nesta manhã na operação contra a máfia dos concursos/Divulgação

Pessoas da organização criminosa estão sendo presas e teriam movimentado R$ 1 milhão

As polícias do Distrito Federal e de Goiás fazem neste momento uma grande operação contra a chamada máfia dos concursos. Somente uma facção desta máfia teria movimentado mais de R$ 1 milhão em propina paga por candidatos aprovados em certames.

Um ex-funcionário do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) é alvo desta operação. Em Goiás, duas pessoas devem ser presas nesta segunda-feira. De acordo com o CB, um dos presos em Goiânia já havia sido detido, recentemente, na Operação Patrick, relacionada à fraude na pirâmide financeira da venda de moedas virtuais denominada Kriptacoin.

No DF, a segunda etapa da Operação Panoptes, os policiais civis cumprem mandatos de prisões preventivas e três temporárias, oito de condução coercitiva e 15 mandados de busca e apreensão.

A organização criminosa seria liderada por Hélio Ortiz. Várias seleções realizadas no DF nos últimos cinco anos estão sob suspeição, além de vestibulares para Medicina. 


AO VIVO TV Brasil
Derrubada de árvore que provocou uma ação popular de R$ 50 milhões
veja +
LDO prevê salário mínimo de R$ 1.040 em 2020, com correção apenas pela inflação
Enfermagem pede lei que garanta jornada de 30 horas semanais
Senado quer explicação de ministro sobre vídeo favorável ao golpe militar
veja +