Barroso chama Gilmar Mendes de mentiroso na sessão do STF

autor Misto Brasília

Postado em 26/10/2017 19:09:16 - 20:08:00


Plenário do Supremo Tribunal Federal onde ministros se indispuseram/STF

Bate-boca entre os dois ministros aconteceu em plena sessão do plenário do Supremo

Os ministros do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes e Luís Barroso, protagonizaram hoje à tarde durante sessão no plenário um bate-boca durante julgamento da ADI 5763. Mendes disse que a situação de calamidade que se encontra o Rio de Janeiro é resultado da má gestão, e Barroso como é do estado não gostou.

A discussão (ou como se disse nos corredores do STF, o "barraco") se assemelhou a uma briga de bar e mostra como os ministros estão divididos politicamente em questões centrais.

Ouça o bate-boca na Seção Áudio e o vídeo ao lado

Houve acusações que envolveu o julgamento do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu. O ministro Barroso acusou Gilmar Mendes de parceria com a leniência nos crimes do colarinho branco e que não trabalha com a verdade. Gilmar devolveu dizendo que o colega era advogado de bandidos internacionais.

Ao explicar as razões pelas quais concedeu indulto ao ex-ministro José Dirceu, Barroso acusou Mendes de ser parcial em suas decisões.

"Não transfira para mim essa parceria que Vossa Excelência tem com a leniência em relação à criminalidade do colarinho branco", afirmou.

Ao rebater as declarações de Barroso, Gilmar Mendes disse que não é “advogado de bandidos internacionais”, em referência ao trabalho de Barroso como defensor do ex-terrorista italiano Cesare Battisti, antes de ser nomeado ao STF.

Na tréplica, Barroso disse a Gilmar: “Vossa Excelência vai mudando a jurisprudência de acordo com o réu. Isso não é Estado de Direito, isso é Estado de compadrio. Juiz não pode ter correligionário”, concluiu.

Para encerrar a discussão, Cármen Lúcia lembrou aos colegas que eles estavam "no plenário de um Supremo Tribunal" e que ela gostaria de voltar ao caso em julgamento. Após o bate-boca, o julgamento foi retomado e concluído. Os ministros mantiveram a decisão da Assembleia Legislativa do Ceará, que extinguiu os tribunais de contas dos municípios do estado.


Misto Brasília apresenta novo layout e programação
AO VIVO - Câmara Legislativa do DF
veja +
Acordo permite votação de PEC sobre arrendamento de terras indígenas na terça-feira
Maia defende compromisso do Parlamento com preservação ambiental
Governadores Ibaneis Rocha (DF) e Ronaldo Caiado (GO) firmam parceria na área de transporte
veja +