Governo de Brasília vai chamar concursados

autor Misto Brasília

Postado em 03/10/2017 08:52:03 - 08:46:00


Administração do governo de Brasília vê folga no caixa para contratações/Arquivo/Agência Brasília

Número depende da disponibilidade financeira, mas deve atender o Procon, Cultura e Metrô

O governo do Distrito Federal planeja chamar concursados dos certames do Metrô, Secretaria da Cultura e do Procon para cobrir parte da falta de servidores nestas áreas. Também está sendo planejado chamar concursados de outras áreas, segundo se informou no Palácio do Buriti, sede administrativa do governo distrital.

Sem a restrição legal, o governo voltará a chamar aprovados em concursos públicos. “Não quer dizer que todos serão nomeados imediatamente, mas de acordo com um cronograma que será estabelecido respeitando a austeridade e os limites da lei”, explicou à Agência Brasília a secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos.

Cerca de 20 carreiras com certames dentro da validade terão as chamadas ranqueadas por ordem de importância e submetidas ao Comitê de Políticas de Pessoal da Governança.

Para manter a austeridade fiscal, as nomeações ficam restritas a 40% da diferença entre o porcentual aferido no segundo quadrimestre (44,81% da receita) e o limite da LRF, de 46,55%. Em valores atuais, isso significa cerca de R$ 150 milhões para novas contratações.

A admissão de concursados será de até 40% do saldo entre o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal, de acordo com reportagem do Jornal de Brasília. O governo do DF tem R$ 50 milhões disponíveis para nomeações e na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2018, existem outros R$ 50 milhões.

Segundo a equipe econômica, o governo não vai usar todo o espaço fiscal disponível, porque nesse caso voltaria a transgredir a LRF. Segundo a reportagem, o Palácio do Buriti não informa quantas pessoas serão convocadas e nem datas para nomeação, mas planeja desenhar um cronograma de convocações.

Por questões judiciais e administrativas, os concursados do Metrô e do Procon participarão das primeiras levas de chamamento. A Secretaria de Cultura também está entre as áreas de destaque.


General nega que Michele Bolsonaro mandou tirar obras sacras do Alvorada
Incêndio atinge a Refinaria de Manguinhos (RJ)
veja +
Governador eleito do DF Ibaneis Rocha diz que não tem nenhum tipo de surpresa
Congresso deve votar Orçamento de 2019 nesta semana
Aprovado orçamento de 2019 com reajuste para agentes comunitários
veja +