Afastamento de Aécio pode mudar no próximo dia 11

autor Misto Brasília

Postado em 29/09/2017 13:54:27 - 13:48:00


Presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, poderá ter sugestões para impasse/STF

O colegiado do Supremo Tribunal Federal julgará Ação Direta de Inconstitucionalidade para rever caso

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, agendou para o próximo dia 11 o julgamento de Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), encaminhada pelo PP, solicitando à Corte considerar a possibilidade de o Congresso Nacional rever, em até 24 horas, o afastamento do mandato e recolhimento domiciliar de deputados e senadores.

A relatoria ficou com o ministro Luiz Edson Fachin. O julgamento deverá resolver o impasse sobre a situação do senador Aécio Neves, afastado do mandato nesta semana por decisão da Primeira Turma.

Até o próximo dia 11, poderá haver acordo entre integrantes do Supremo e parlamentares para sair da sinuca de bico. Apesar de haver tendência de opinião no Senado que não deveria haver intromissão entre os poderes. Gilmar Mendes falou até em se calçar "sandálias da humildade".


Ibaneis bate boca com deputados distritais da oposição sobre escolas militares
AO VIVO TV Câmara Legislativa
veja +
Maia vai instalar nesta quarta comissão para discutir novas regras para o saneamento
Deputados cobram desbloqueio de recursos para a educação
Presidente da Cobap, Warley Gonçalves, sugere uso da máquina para reeleição
veja +