Bola murcha: pena de Zé Dirceu é ampliada em dez anos

autor Misto Brasília

Postado em 26/09/2017 11:27:55 - 11:24:00


Zé Dirceu quando falava a militantes no sábado passado em Brasília/Arquivo/Divulgação/CUT

Estratégia de desqualificar Moro é frustrada com a decisão TRF-4 de aplicar uma pena de 30 anos

Nos últimos dias o Partido dos Trabalhadores e seus principais membros utilizaram a rede social para valorizar o papel político do ex-ministro José Dirceu. Condenado no âmbito da Lava Jato, Zé Dirceu seria uma vítima política do juiz Sérgio Moro, da Vara Criminal Federal de Curitiba, segundo os petistas.

José Dirceu tinha esperança de ser absolvido na sentença de Moro por corrupção passiva e corrupção, mas o parecer do relator da Lava Jato no Tribunal Regional Federal da 4ª. Região, desembargador Gebran Neto, não tinha sido animador, porque ele não só manteve a condenação, como aumentou e muito a pena. Esta decisão prevaleceu no plenário da Corte.

O TRF-4 ampliou a pena do ex-ministro em dez anos. De 20 anos e 10 meses, para 30 anos e 9 meses. No sábado que passou, Zé Dirceu tinha tranquilizado alguns militantes durante evento num sindicato. Contou que no presídio em Pinhais (PR) estão outros presos condenados na Lava Jato e que não se trata de um presídio de alta periculosidade. E citou que há trabalho interno para reduzir a pena.

No mesmo julgamento, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto foi absolvido mais uma vez por "insuficiência de provas". Vaccari já havia sido absolvido pelos desembargadores em outro processo, em junho, porque as acusações contra ele baseavam-se apenas no depoimento de delatores. 


AO VIVO TV Câmara Legislativa
Estudantes do Gisno protestam contra a adoção do modelo cívico-militar
veja +
Maia vai instalar nesta quarta comissão para discutir novas regras para o saneamento
Deputados cobram desbloqueio de recursos para a educação
Presidente da Cobap, Warley Gonçalves, sugere uso da máquina para reeleição
veja +