BRB terá que contratar concursado com doença degenerativa

autor Misto Brasília

Postado em 22/09/2017 11:36:52 - 11:33:00


Banco se recusou a contratar concursado com doença na coluna/Arquivo/Divulgação

Banco de Brasília justificou que o funcionário não poderia exercer a função de escriturário

O Banco de Brasília foi obrigado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal a admitir uma pessoa com doença degenerativa aprovada como escriturário no concurso público. A sentença ratificou uma decisão anterior da 5ª. Vara da Fazenda Pública.

Convocado para a realização de exames admissionais, foi considerado inapto em razão de apresentar alterações na coluna. O médico conveniado do BRB saúde concluiu que ele não apresentava incapacidade laboral para a função de escriturário. O BRB sustentou que o autor foi considerado inapto em face do resultado dos exames realizados, bem como de seu histórico funcional. A justiça concluiu que não foi comprovada, “de forma concreta”, a inaptidão para o cargo. 


General nega que Michele Bolsonaro mandou tirar obras sacras do Alvorada
Incêndio atinge a Refinaria de Manguinhos (RJ)
veja +
Governador eleito do DF Ibaneis Rocha diz que não tem nenhum tipo de surpresa
Congresso deve votar Orçamento de 2019 nesta semana
Aprovado orçamento de 2019 com reajuste para agentes comunitários
veja +