PF prende reitor da UFSC e faz busca em casa de ministro

autor Misto Brasília

Postado em 14/09/2017 08:29:23 - 08:27:00


Reitor da UFSC, o jornalista Luís Carlos Cancelier/Arquivo/Divulgação

Duas operações policiais foram deflagradas nesta manhã para combater o desvio de dinheiro público

Agentes da Polícia Federal (PF) começaram a trabalhar cedo nesta quinta-feira. Depois das seis horas começaram a cumprir 28 mandados judiciais na Operação Ouvidos Moucos, que combate desvio de recursos públicos na educação. O reitor da Universidade Federal de Santa catarina, o jornalista Luís Carlos Cancelier de Olivo foi preso.

Cancelier é acusado de participar de uma organização criminosa que atuava para desviar dinheiro de programa da educação a distância. Mais de 100 policiais participam desta operação. Professores, empresários e funcionários de instituições e fundações teriam desviado cerca de R$ 80 milhões de bolsas e verbas de custeio.

Em outra operação, os agentes cumprem mandado de busca e apreensão no apartamento do ministro da Agricultura, Blairo Maggi. Ele é acusado de desvio de dinheiro público pelo ex-vice governador do Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB). Um inquérito foi aberto para investigar os desvios no governo estadual.


Misto Brasília apresenta novo layout e programação
AO VIVO - Câmara Legislativa do DF
veja +
Acordo permite votação de PEC sobre arrendamento de terras indígenas na terça-feira
Maia defende compromisso do Parlamento com preservação ambiental
Governadores Ibaneis Rocha (DF) e Ronaldo Caiado (GO) firmam parceria na área de transporte
veja +