Concurso da CLDF é contestado também no Tribunal de Justiça

autor Misto Brasília

Postado em 08/09/2017 12:44:42 - 12:41:00


Concurso da CLDF está temporariamente suspenso pelo TCDF/Arquivo/Divulgação

Além do Tribunal de Contas, a banca que não foi escolhida também entrou com um mandado

A divulgação do concurso público para acesso na Câmara Legislativa começou com muita confusão e deve continuar desse jeito por algum tempo. Desta vez, o Instituto Quadrix entrou com um mandado de segurança no Tribunal de Justiça do Distrito Federal para suspender o certame.

A Procuradoria-Geral da Casa vai entrar com uma petição, na tarde desta sexta-feira (08), rebatendo as alegações da banca, informou o Correio Braziliense.

As argumentações do Instituto são as mesmas relatadas no processo que tramita no Tribunal de Contas do Distrito Federal: ilegalidade do processo licitatório para a seleção Fundação Carlos Chagas (FCC). O caso no TCDF ainda não foi julgado. 

A procuradoria da Câmara Legislativa afirma que “não há, pois, que se falar em edital, julgamento de propostas ou habilitação de licitantes; Simplesmente não houve licitação, que foi dispensada nos termos da lei e contratos administrativos com atenção a todos os requisitos legais”. 

“Todas as ações — a dispensa à licitação e a contratação da Fundação Carlos Chagas — foram devidamente publicadas. Dessa forma, a irresignação do impetrante parece mal colocada e fundada em má compreensão do sistema legal que regulamenta o caso”, pontua.


Marcelo Ramos apoia proposta de Kataguiri para capitalização da Previdência
Deputado provocam confusão e tumulto na Comissão da Educação
veja +
Recursos do antigo Fundef não devem ser usados no pagamento de professores
CCJ aprova fim da isenção irrestrita de custas judiciais nos juizados especiais
Novos métodos para obtenção de provas do pacote anticrime dividem opiniões
veja +