Estratégias para enfrentar concursos

autor Misto Brasília

Postado em 02/09/2017 16:54:24 - 16:49:00


Aulões um dia antes das provas é perda de tempo/Arquivo/Divulgação

Nenhum bom estrategista foca em seu ponto fraco antes de uma competição

Texto de Soraia Cantanhede

Não é fácil se manter motivado, com pouca grana, com desemprego ou mesmo com problemas na família. Os tempos difíceis servem para testar o aprendiz, não é mesmo?! Essas dificuldades vêm para fortalecer você e trazer a certeza de que os concursos podem ser um bom projeto de vida a médio e/ou longo prazo. Acredite e estude. Vamos falar sobre o que você – não – deve fazer na semana da prova.

Do edital até o dia da prova algum tempo se passou, às vezes três meses ou mais. Ou seja, o que você aprendeu, está fixado. Então, nada de se sobrecarregar na última semana. Isso pode ter um efeito colateral indesejado. Entenda que por mais perfeito que seja seu planejamento, na maioria das vezes, Você vai fazer a prova sem ter visto todo o seu edital. Nesse caso, escolha com base naquilo que a banca mais cobra, os tópicos a serem priorizados em seus estudos.

“Na véspera da prova você tem que focar no seu ponto fraco”. Essa é a mais cabeluda. Pensa assim: você tem 30 anos de idade e nunca conseguiu aprender Raciocínio Lógico. Qual a probabilidade de aprender na véspera da prova aquela matéria que você não aprendeu a vida toda? Você estará se enganando. E mais, ainda vai roubar o tempo que deveria estar revisando ou fazendo questões. Nenhum bom estrategista foca em seu ponto fraco antes de uma competição, mas sim, naquilo que é a sua maior qualidade. Isso não quer dizer que você tenha que estudar só o que gosta. Até porque na sua prova haverá matérias que você considera legais e matérias que não entram na sua cabeça e, por isso, você as considera chatas. Coloque no seu planejamento a (s) disciplina (s) que você tenha mais dificuldade e trate-as com seriedade, elas vão fazer diferença na sua aprovação.

Enquanto a maioria dos concorrentes vai tentar aprender alguma coisa naqueles grandes aulões um dia antes da prova, vibrando em uma atmosfera de adrenalina e ansiedade, você deve se preservar e fazer algo prazeroso, de modo a deixar a sua mente relaxada. Se tentar colocar mais conteúdos novos sem tempo hábil, você poderá ser surpreendido com um apagão na hora da prova.  A isso a ciência chamou de Síndrome de Burnout mais conhecida como a Síndrome da Exaustão. Relaxado, você deixará seu cérebro turbinado, atento aos detalhes, com raciocínio ágil, além de equilibrado na hora do concurso.

Cuidado com o que você ingere um dia antes da prova. Naturalmente, você já se encontrará ansioso, então é bom evitar alimentos pesados, pois isso pode se associar com a ansiedade e causar um grande desarranjo no dia seguinte. Alguns alimentos são bem recomendáveis na semana de prova, quais sejam: cereais integrais; alimentos ricos em ômega 3, como peixes, por exemplo; vitaminas do complexo B, como carne e feijão; e vitamina C, presente em grande parte de frutas, como laranja, maracujá, acerola etc. uma boa alimentação pode ser sua grande aliada no dia da sua prova do concurso.

Não se cobre tanto na semana da prova pelo que você fez ou deixou de fazer. Às vezes você sabe mais do que muitos na sua turma, mas faltou controle emocional, a cobrança durante os últimos dias foi exagerada e você reprovou no quesito inteligência emocional Depois que passou o concurso, você pode perceber que aquelas questões não eram tão difíceis assim. Mas que por excesso de nervosismo, decorrente de cobrança, o famoso “eu preciso passar”, você ficou fora do páreo.


General nega que Michele Bolsonaro mandou tirar obras sacras do Alvorada
Incêndio atinge a Refinaria de Manguinhos (RJ)
veja +
Governador eleito do DF Ibaneis Rocha diz que não tem nenhum tipo de surpresa
Congresso deve votar Orçamento de 2019 nesta semana
Aprovado orçamento de 2019 com reajuste para agentes comunitários
veja +