Aprendi com os gatos

autor Misto Brasília

Postado em 26/07/2017 16:39:26 - 16:35:00


Gatos preservam seus donos de compartilhar a morte/Arquivo/Sara Farinha

Tirei um aprendizado deste comportamento: não insistir em permanecer, quando os ventos sacodem

Texto de Viviane Roussenq

Aprendi com os gatos a sumirem dos afetos ao pressentirem o fim da vida. Assim fez Pandora, gata companheira de todas as horas durante 14 anos em uma noite de setembro de 2015.

Gatos preservam seus donos de compartilhar a morte. E morte é a última grande solidão, seja bicho, seja gente.

Tirei um aprendizado deste comportamento felino: não insistir em permanecer, quando os ventos sacodem tua história para outro momento, ou seja: a gente morre um pouco a cada dia para ressurgir de novo mas em outro caminho, outra via, outra rua. Minha história está sacudindo portas e janelas para que eu morra e renasça. Não quero mais brigar com minha história.

 Ok, não há como continuar, não há saída. Escute aqui, vou morrer aqui onde tu tocas tão insistentemente, com a condição de renascer em outra coisa, não faço a menor ideia do que seja. Pelo menos agora. Aprendi com os gatos o tempo de ficar. Então me despeço do jornalismo meio tarde, fiquei mais tempo do que devia.

Aos afetos que conheci ao longo do caminho, aceno com o lenço branco das afinidades. Estarão no peito para sempre.

Minha gratidão profunda aos amigos sinceros, que acima de tudo, me tornaram melhor com sua sinceridade, mesmo quando ela doeu em mim. Aos mestres, que foram mais do que referências na carreira mas inspirações de vida.

Valeu cada momento nesta profissão que nos conduz como uma montanha russa, nos levando ao céu e ao inferno a cada dia. Saímos dela, garanto, mais santos e insanos. Mais humanos, acima de tudo.


Orquestra de Brasília e o Coral 10 interpretam Cio da Terra
Governador do Pará diz que contas dos estados passarão por pente-fino
veja +
Proposta reserva vagas de instituições de ensino para pessoas com deficiência
Câmara analisa propostas para deduzir do IR despesas com remédios, óculos e próteses
Ibaneis disse que vai "colaborar" para a aprovação da reforma previdenciária
veja +