Lewandowski decide que Rocha Loures continua preso

autor Misto Brasília

Postado em 06/06/2017 15:38:06 - 15:37:00


Rocha Loures, ex-assessor de Temer, continua preso na PF/Arquivo

Ministro do Supremo disse que não discute decisão monocrática de outro colega da Corte

Esta terça-feira não está nada fácil para os políticos peemedebistas. Pela manhã foi preso o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Ao meio dia, foi preso quando desembarcava no aeroporto de Brasília, o deputado Celso Jacob (PMDB-RJ).

Agora chega a notícia de que o ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, decidiu manter preso o ex-deputado Rocha Loures (PMDB-PR), o suposto homem da mala de Michel Temer.

Lewandowski indeferiu pedido de habeas corpus do ex-assessor do presidente, preso na Superintendência da Polícia Federal, em Brasília. Ele é alvo, assim como Temer, de inquérito aberto no STF por crimes de corrupção passiva, organização criminosa e obstrução da Justiça. Lewandowski assinalou que a Corte não admite habeas corpus contra decisão monocrática de qualquer ministro integrante. Rocha Loures deverá ser levado para o sistema penitenciário da Papuda, em Brasília, nesta quarta-feira.


Ibaneis bate boca com deputados distritais da oposição sobre escolas militares
AO VIVO TV Câmara Legislativa
veja +
Maia vai instalar nesta quarta comissão para discutir novas regras para o saneamento
Deputados cobram desbloqueio de recursos para a educação
Presidente da Cobap, Warley Gonçalves, sugere uso da máquina para reeleição
veja +