Janot diz que Rocha Loures é um “longa manus”

autor Misto Brasília

Postado em 03/06/2017 09:49:53 - 09:48:00


Rocha Loures posa ao lado do presidente Temer/Arquivo

Prisão do ex-assessor de Temer já poderia ter acontecido, não fosse o foro especial de parlamentar

No pedido de prisão encaminhado ao ministro do Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que o suplente de deputado Rocha Loures, é "verdadeiro longa manus do presidente da República", expressão em latim que descreve aquele que atua como executor das ordens de outra pessoa.

A prisão só não foi decretada antes porque Rocha Loures estava no exercício do mandato parlamentar, no lugar de Osmar Serraglio, que estava ministro da Justiça. Com a negativa de Serraglio para ser remanejado para a CGU, Rocha Loures perdeu o foro especial.

Hoje cedo, o advogado do “homem da mala” de R$ 500 mil, Cezar Bittencourt criticou a prisão efetuada pela Polícia Federal na casa de Loures, em Brasília, hoje cedo. Disse que o objetivo é fazer com que Rocha Loures faça a delação premiada, o que neste momento estaria descartado.

"Ele vai ficar em silêncio, ele está na polícia com outro colega e não vai delatar. Estamos indignados mas ele está tranquilo. A minha orientação é para ele silenciar", "Eles poderiam ter esperado o julgamento na terça-feira. Minha orientação é silenciar: não tem nada para que falar".


Misto Brasília apresenta novo layout e programação
AO VIVO - Câmara Legislativa do DF
veja +
Acordo permite votação de PEC sobre arrendamento de terras indígenas na terça-feira
Maia defende compromisso do Parlamento com preservação ambiental
Governadores Ibaneis Rocha (DF) e Ronaldo Caiado (GO) firmam parceria na área de transporte
veja +