Lei não pode proibir uso de animais em cultos religiosos

autor Misto Brasília

Postado em 24/05/2017 10:24:25 - 09:55:00


Reprodução TJ-SP

O uso de animais não coloca em risco o equilíbrio do meio ambiente, entendeu o TJ-SP

O Tribunal de Justiça de São Paulo, pelo seu Órgão Especial, julgou favorável a ação ajuizada pelo partido PSOL sobre a inconstitucionalidade da lei de Cotia (lei 1.960), que veda a utilização de animais em cultos religiosos.

O Órgão entendeu, acompanhando o relator, que deve existir a liberdade em cultos religiosos e que "a utilização de animais em alguns deles, não teria proporção suficiente para colocar em risco a existência equilibrada do meio ambiente". A decisão foi por maioria.

 

Em síntese, o Partido Socialismo e Liberdade argumentou que a norma (Lei de Cotia) invadia a competência exclusiva do chefe do Poder Executivo, dispondo sobre funcionamento da administração e transgredindo o princípio da separação e independência dos poderes. Com Migalhas.

 

 


Governador do DF, Ibaneis Rocha, afirma que o TCU é um "tribunal de merda"
AO VIVO TV Euronews
veja +
Câmara conclui MP da Liberdade Econômica e aprova projeto de abuso de autoridade
Ibaneis sobre a avó de Michele Bolsonaro: se quero atendimento mais rápido pago plano de saúde
CCJ do Senado aprova atuação de juizados de violência doméstica
veja +