Publicitária do mensalão tem pena extinta pelo STF

autor Misto Brasília

Postado em 22/05/2017 18:18:44 - 18:08:00


Simone Vasconcelos era diretora financeira da SMP&B/Arquivo/Reprodução

Simone Vasconcelos será colocada em liberdade a pedido do MPF, pois atenderia exigência da lei

Personagem importante no escândalo do mensalão, a ex-diretora da agência de propaganda SMP&B, Simone Reis Lobo de Vasconcelos, será colocada em liberdade. Ela foi condenada a 12 anos de reclusão, mas o Ministério Público Federal pediu e o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Barroso, determinou extinta a pena pela prática de crimes de corrupção ativa, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. José Dirceu envolvido no mesmo escândalo também foi beneficiado.

O indulto está previsto em lei desde abril passado, desde que não tenha cometido crime violento. De acordo com a assessoria do STF, o ministro considera que Simone Vasconcelos preenche todos os requisitos objetivos e subjetivos fixados de modo geral e abstrato pelo decreto presidencial, para receber o benefício do indulto.

Simone Vasconcelos, apresentou uma lista com o nome de vários sacadores das contas no Banco Rural da SMPB Comunicação e da agência DNA - empresa de Marcos Valério Fernandes de Souza, suposto operador do mensalão. A sete sacadores Simone disse ter repassado R$ 7,9 milhões.

Os nomes que Simone revelou à PF: João Claudio Genu, chefe-de-gabinete do deputado José Janene (PP-PR), líder do Partido Progressista na Câmara; Jacinto Lamas, ex-tesoureiro do PL; Jair dos Santos, motorista do ex-deputado José Carlos Martinez (PTB-PR) que sacou cinco vezes no Rural; Emerson Palmieri, ex-tesoureiro do PTB, indicado por Martinez; Pedro Fonseca; José Luís Alves (secretário de Governo de Anderson Adauto, ex-ministro dos Transportes, prefeito de Uberaba); e Roberto Costa Pinho.


Ibaneis bate boca com deputados distritais da oposição sobre escolas militares
AO VIVO TV Câmara Legislativa
veja +
Maia vai instalar nesta quarta comissão para discutir novas regras para o saneamento
Deputados cobram desbloqueio de recursos para a educação
Presidente da Cobap, Warley Gonçalves, sugere uso da máquina para reeleição
veja +