Mantida prisão do operador Carlinhos Cachoeira

autor Misto Brasília

Postado em 05/04/2017 18:56:34 - 18:55:00


Carlinhos Cachoeira é investigado em várias frentes da política/Arquivo

Política e MPF afirma que ele tem conexão com as operações Saqueador e Calicute

Mantida a prisão preventiva de Carlos Augusto de Almeida Ramos (Carlinhos Cachoeira), investigado na Operação Saqueador. A força-tarefa da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro acusa Cachoeira de operar um esquema de lavagem de dinheiro que movimentou mais de R$ 370 milhões provenientes de recursos públicos desviados. Atualmente, ele cumpre prisão domiciliar concedida pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

De acordo com a Agência Brasília, em parecer contra o habeas corpus de Cachoeira, a Procuradoria Regional da República da 2ª Região diz que a conexão entre as apurações da Operação Saqueador e da Operação Calicute, que investiga o esquema criminoso liderado pelo ex-governador Sérgio Cabral, reforçam a necessidade de se manter a prisão preventiva do réu, ao contrário do que argumenta sua defesa.

“São diversos os vínculos da organização criminosa investigada pela Saqueador com outros procedimentos criminais conexos investigados neste juízo, como a Calicute”, sustenta a procuradora regional da República Mônica de Ré. “A prisão cautelar deve ser mantida, pois o contexto de sua decretação não se alterou”.

 


Ibaneis bate boca com deputados distritais da oposição sobre escolas militares
AO VIVO TV Câmara Legislativa
veja +
Maia vai instalar nesta quarta comissão para discutir novas regras para o saneamento
Deputados cobram desbloqueio de recursos para a educação
Presidente da Cobap, Warley Gonçalves, sugere uso da máquina para reeleição
veja +