Justiça reconhece paternidade pelo WhatsApp

autor Misto Brasília

Postado em 05/04/2017 08:20:45 - 08:12:00


Reprodução Google

O pai que não pode vir ao país reconhecer o filho, em Goiânia, o fez por videoconferência do app

A Corregedoria da Justiça do Estado do Goiás reconheceu a paternidade de um pai pelo aplicativo de Whats App. O pai que vive em Portugal, reconheceu o filho que mora em Goiânia, através do Programa Pai Presente, por uma videoconferência do aplicativo.

Na ocasião, a criança foi representada pela avó materna, e após o reconhecimento, teve o registro de pai acrescentado de imediato em sua certidão.

De acordo com o magistrado, o pai da criança não pôde vir ao Brasil para reconhecer o filho, nem teve como redigir e enviar um documento autenticado do país onde mora.

Por se tratar de situação excepcional, o juiz de Direito foi procurado pelo Conselho Tutelar para que o ato fosse realizado via internet, pois já teve sucesso em outro caso, em que o pai fez reconhecimento do filho que estava nos EUA, usando o Skype por meio do Pai Presente.


Governador do DF, Ibaneis Rocha, afirma que o TCU é um "tribunal de merda"
AO VIVO TV Euronews
veja +
Câmara conclui MP da Liberdade Econômica e aprova projeto de abuso de autoridade
Ibaneis sobre a avó de Michele Bolsonaro: se quero atendimento mais rápido pago plano de saúde
CCJ do Senado aprova atuação de juizados de violência doméstica
veja +