Nelson Piquet vai indenizar família de trabalhador morto em explosão

autor Misto Brasília

Postado em 13/03/2017 09:26:40 - 09:14:00


Nelson Piquet/Reprodução Google

O trabalhador prestava serviços de pintura em um Iate de Piquet, quando houve uma explosão

O Tribunal Superior do Trabalho condenou o ex-campeão mundial de Fórmula 1, Nelson Piquet, juntamente com o estaleiro TWB S.A. - Construção Naval, Serviços e Transportes Marítimos, a indenizar a família de um auxiliar de pintor que trabalhava na reforma e ampliação de iate de luxo e morreu numa explosão no porão da embarcação.

Segundo a empresa de serviços marítimos, o iate estava atracado em seu estaleiro em Navegantes/SC para reparos finais, às custas de Piquet. Um engenheiro naval, responsável pela obra foi o responsável por contratar trabalhadores para lixar e pintar o interior do barco, que os contratou de maneira informal.

De acordo com conclusões de dois inquéritos, naval e policial, o acidente aconteceu porque havia gás tóxico desprendido de solventes no local, que não tinha exaustor. Uma fagulha numa lâmpada após uma queda energia, somada aos gases sem exaustão, provocou a explosão. O trabalhador deixou a esposa e os quatro filhos menores de idade. Com informações do Migalhas.


AO VIVO TV Câmara Legislativa
Estudantes do Gisno protestam contra a adoção do modelo cívico-militar
veja +
Maia vai instalar nesta quarta comissão para discutir novas regras para o saneamento
Deputados cobram desbloqueio de recursos para a educação
Presidente da Cobap, Warley Gonçalves, sugere uso da máquina para reeleição
veja +