Habeas corpus negado aproxima Eike da delação

autor Misto Brasília

Postado em 08/03/2017 17:50:56 - 17:41:00


Eike Batista quando era conduzido para exames no IML/Arquivo

Por dois votos a um, o empresário não ganhou liberdade, defesa irá recorrer

O empresário Eike Batista está cada vez mais próximo de ser convencido a fazer delação premiada. Nesta quarta-feira (8) o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) decidiu negar habeas corpus solicitado pela defesa de Eike. 

O desembargador Abel Gomes foi quem negou o pedido. Teve seu voto  acompanhado do presidente da 1ª turma, desembargador Paulo Espírito Santo. O desembargador Ivan Athié votou favorável a liberdade para Eike.

Portanto, por dois votos a um o empresário não ficou em liberdade. A defesa irá recorrer da decisão ao Superior Tribunal de Justiça. A viagem de Eike aos Estados Unidos pouco antes da decretação de sua prisão, o que poderia ter representado uma tentativa de fuga, pesou na decisão.

Vale lembrar que Eike foi preso por agentes da Polícia Federal no dia 30 de janeiro, na 34ª fase da Operação Lava Jato, após desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão, procedente de Nova York. No momento, ele está preso no Complexo de Gericinó, zona oeste do Rio de janeiro. Proprietério do grupo EBX, ele é suspeito de lavagem de dinheiro em um esquema de corrupção que atinge o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.


Governador do DF, Ibaneis Rocha, afirma que o TCU é um "tribunal de merda"
AO VIVO TV Euronews
veja +
Câmara conclui MP da Liberdade Econômica e aprova projeto de abuso de autoridade
Ibaneis sobre a avó de Michele Bolsonaro: se quero atendimento mais rápido pago plano de saúde
CCJ do Senado aprova atuação de juizados de violência doméstica
veja +