Zé Dirceu condenado desta vez a 11 anos de prisão

autor Misto Brasília

Postado em 08/03/2017 13:36:52 - 13:34:00


Esta é a segunda condenação de Dirceu no âmbito da Lava Jato/Arquivo

Nesta ação penal, Dirceu foi condenado por ter recebido propinas no valor de R$ 2,1 milhões

O ex-homem forte do PT e ex-ministro Casa Civil, José Dirceu, foi condenado mais uma vez no âmbito da Operação Lava Jato – dessa vez, na sentença do juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato em primeira instância, Dirceu cumprirá 11 anos e 3 três pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Nesta ação penal, Dirceu foi condenado por ter recebido propinas no valor de R$ 2,1 milhões para favorecer um contrato com da empresa Apolo Tubulars para fornecimento de tubos para a Petrobrás entre 2008 e 2012, lembra o site da Veja. 

Em maio de 2016, o ex-ministro foi condenado a 23 anos e 3 meses. Pelos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção ativa e organização criminosa na participação do esquema de contratos superfaturados da construtora Engevix com a Petrobras.

Na sentença, Moro apontou que Dirceu recebeu 15 milhões de reais em propinas. Essa quantia foi paga à empresa do petista, a JD Consultoria. Dirceu foi preso em agosto de 2015 durante a 17ª fase da Operação Lava Jato, batizada da Pixuleco. Somadas, as penas de Dirceu chegam a 34 anos e 6 meses.Moro reduz a pena em seis devido a José Dirceu ter mais de setenta anos.


Governador do DF, Ibaneis Rocha, afirma que o TCU é um "tribunal de merda"
AO VIVO TV Euronews
veja +
Câmara conclui MP da Liberdade Econômica e aprova projeto de abuso de autoridade
Ibaneis sobre a avó de Michele Bolsonaro: se quero atendimento mais rápido pago plano de saúde
CCJ do Senado aprova atuação de juizados de violência doméstica
veja +