Brasília tem festival de cinema inclusivo até domingo

autor Misto Brasília

Postado em 26/01/2017 22:58:59 - 22:57:00


egue até domingo (29) a exibição de filmes com recursos como audiodescrição]André Borges/Ag Brasília

Crianças terão programação especial no encerramento da programação com uma animação

Assistir a uma sessão de cinema pode ser momento de dificuldade para determinadas pessoas. Justino Bastos, de 45 anos, que sofre de deficiência visual, não frequenta as salas convencionais por falta de acessibilidade.

Nesta quinta-feira (26), a história foi diferente, com o início da primeira edição do Festival de Férias Cine Brasília Inclusivo.

Na programação, o Cine Brasília (106/107 Sul), que já oferece estrutura física para receber pessoas com deficiência, exibe até domingo (29) filmes com recursos como audiodescrição, para quem tem problemas visuais, e legendas, para o caso de dificuldade auditiva. Foi o suficiente para tirar de casa Bastos e a namorada, Denise Braga.

A atriz e escritora Liane Martin Collares, de 53 anos, participou da estreia do festival e será uma das integrantes do diálogo pós-exibição, nesta sexta-feira (27). Portadora da síndrome de Down, ela atuou na websérie Geração 21 (2017), que será exibida amanhã. “Minha personagem é como eu, independente. Demonstra que não há barreiras para pessoas com deficiência”, comenta.

A manhã de domingo (29), de encerramento do festival, será voltada a crianças do espectro autista ou que tenham outras deficiências intelectuais. “O ambiente será menos iluminado, o som mais baixo, e haverá uma área com brinquedos para as crianças”, acrescenta a gerente da Secretaria de Cultura.

Um grupo de dez monitores voluntários apoiará os pais com as crianças. Será exibida a animação Os Smurfs (2011), de Raja Gosnell, seguida de conversa com membros do coletivo Sessão Azul, que promove esse tipo de evento. (Da Agência Brasília)


Passageiros filmam avião em chamas nesta tarde em Belo Horizonte
Guedes fala em antecipar receitas para os governadores
veja +
Ibaneis volta a dizer que não quer o chefão do PCC no DF e pede fechamento de presídio
Coordenadora diz que grupo de trabalho não vai atrasar análise do pacote anticrime
Presidente da CCJ espera "melhora do cenário político"
veja +