Redes sociais refletem a própria sociedade

autor Misto Brasília

Postado em 10/01/2017 19:58:39 - 19:53:00


Redes sociais servem também para expressar o ódio/OInformativodoVale

Contardo Caligaris lamenta que o apreço que se produz é o número de “likes” das postagens

O psicanalista Contardo Calligaris, doutor em psicologia clínica e autor de diversos livros, afirma que “fundamentalmente” as redes sociais são construídas no modelo da sociedade contemporânea,

“Você vale o apreço que você produz. Ou no caso, o número de "likes" que suas postagens conseguem receber”.

Na entrevista à BBC Brasil, Caligaris observa que “deveríamos ter limites claros ao que é o campo da liberdade de expressão, que é intocável, e o momento em que aquilo se torna uma ameaça".

O psicanalista diz que nas redes sociais, é possível expressar o seu ódio, dar a ele uma dimensão pública, receber aplausos pelos seus amigos e seguidores, e se sentir de alguma coisa validado.

“Ou seja, as redes sociais produzem uma espécie de validação do seu ódio que era muito mais difícil antes de elas existirem e se tornarem tão importantes na vida das pessoas”.

Para ele, existe uma linha tênue de passagem entre a ameaça na rede social, “a confirmação que ela recebe do discurso de quatro, cinco, ou mil malucos nos comentários - pessoas que vão ter respondido, no caso de Campinas, por exemplo, "vai lá e mata mesmo aquela 'vadia'" - e a possibilidade de ação criminosa”.


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +