Operação no MA desarticula esquema de Cooperativas

autor Misto Brasília

Postado em 13/12/2016 18:34:03 - 18:22:00


Operação/ Polícia Civil do Maranhão/Reprodução PCMA

A Operação Cooperari apurou contratos superfaturados de Cooperativas com prefeituras

Uma operação conjunta do Ministério da Transparência e CGU, Polícia Civil e Ministério Público do Maranhão desarticulou uma quadrilha que fraudava contratos públicos, desviando verbas de diversos setores da Administração Pública, inclusive da educação pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica - Fundeb.

A Operação Cooperari teve início com a apuração feita pelo Ministério Público do MA que constatou que a Cooperativa Maranhense de Trabalho (Coopmar) aparecia como a maior contratada para a execução de serviços de apoio como transporte, limpeza e vigilância em prefeituras de municípios do estado.

A Operação Cooperari cumpriu 14 mandados de busca e apreensão em várias cidades do Maranhão, além de terem sido bloqueadas 15 contas de pessoas físicas e jurídicas e ter sido declarada a indisponibilidade de oito imóveis e onze veículos dos envolvidos.

Os investigadores também apuraram que alguns cooperados dirigentes chegaram a receber quantias milionárias. A CGU também verificou que as contribuições previdenciárias foram retiradas dos trabalhadores, mas não foram declaradas e nem recolhidas aos cofres, o valor recuperado à Previdência chega a R$ 3 milhões.

 

 


Governador do DF, Ibaneis Rocha, afirma que o TCU é um "tribunal de merda"
AO VIVO TV Euronews
veja +
Câmara conclui MP da Liberdade Econômica e aprova projeto de abuso de autoridade
Ibaneis sobre a avó de Michele Bolsonaro: se quero atendimento mais rápido pago plano de saúde
CCJ do Senado aprova atuação de juizados de violência doméstica
veja +