Justiça determina Samarco pagar R$ 1,2 bilhão

autor Misto Brasília

Postado em 11/11/2016 15:56:26 - 15:52:00


Sede da Samarco/Divulgação

Até agora, a mineradora depositou aproximadamente R$ 800 milhões de um total de R$ 2 bilhões

A Justiça Federal determinou que a mineradora Samarco e respectivas controladoras, Vale e a BHP, depositem complementarmente R$ 1,2 bilhão estabelecidos em liminar de dezembro de 2015.

Na verdade, no final do ano passado, a Justiça havia estipulado pagamento de R$ 2 bilhões para reparação dos danos ocorridos nas barragens de Fundão e Mariana. Entretanto, a Samarco, até o momento, depositou, aproximadamente, R$ 800 milhões.

Caso o depósito não seja realizado em 30 dias, as empresas “responsáveis” terão que pagar multa de até R$ 1,5 milhão por dia. A Samarco deverá ainda comprovar em 90 dias que não existem vazamentos de rejeitos na barragem de Fundão, que foi rompida em 2015.

E, ainda, em seis meses deverão ser mostrados estudos conclusivos com filtro dos órgãos ambientais de como serão retirados os rejeitos e lama do Rio Doce,  inclusive, afluentes e foz.

A Samarco se limitou a informoar que está ciente da decisão judicial e planeja medidas a serem tomadas. E que cumpre o estabelecido nos termos de ajustamento de conduta.

 


AO VIVO TV Câmara Legislativa
Estudantes do Gisno protestam contra a adoção do modelo cívico-militar
veja +
Maia vai instalar nesta quarta comissão para discutir novas regras para o saneamento
Deputados cobram desbloqueio de recursos para a educação
Presidente da Cobap, Warley Gonçalves, sugere uso da máquina para reeleição
veja +