O ritmo do Pará, a nova música do Brasil

autor Misto Brasília

Postado em 05/11/2016 22:02:11 - 21:57:00


Festival que mistura ritmos, do rock ao carimbó/Arquivo/SeRasgum

Festival que está na 11ª. edição mistura uma infinidade de gêneros criou um ritmo dançante único

Texto de Talita Bedinelli, do El Pais

Localizado no topo do país, na fronteira com as Guianas e o Suriname, a quase 3 mil quilômetros de São Paulo ou do Rio de Janeiro, o Pará conseguiu sintetizar em suas músicas diversas matrizes.

Da raiz dos brasileiros, com o uso de instrumentos indígenas e de tambores africanos, a ritmos caribenhos produzidos na vizinhança e descobertos pela proximidade geográfica.

Há algumas décadas, sintonizava-se por ali com mais facilidade rádios dos países vizinhos do que as que tocavam a música do Sudeste. Essa mistura está no Festival Se Rasgum, em Belém, chega a 11ª edição.

Com isso, criou um ritmo dançante e único, com uma infinidade de gêneros e subgêneros capaz de confundir até os mais atentos: além do tecnobrega há o carimbó (dança de roda de origem indígena mesclada com ritmos africanos), a guitarrada (uma repetição de solo de guitarra em ritmos caribenhos), a tecnoguitarrada (mistura de tecnobrega, guitarrada e música eletrônica), e um som feito por uma nova geração que resgata tudo isso e mistura ao pop, ao rock e à lambada, criada ali há mais de três décadas.

A música, às vezes é acompanhada de um instrumento refinado como o violino, para criar uma outra versão que não é nada daquilo que se viu antes. Uma criatividade sem limites, que muitas vezes nem chega ao resto do país.

"Em uma terra que tem tudo isso, por que iríamos fazer só rock?", resume Marcelo Damaso, um dos realizadores do festival, que surgiu primeiro como uma festa, feita por amigos que não encontravam um lugar na noite da cidade que pudessem aproveitar. "Havia muita música paraense autoral surgindo, mas essas bandas não tinham onde tocar", conta Renée Chalu, outra produtora do festival. 


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Pré-sal, royalties, precatórios e Jovem Senador são destaques do Plenário
Kajuru vai propor medidas para investigar a CBF
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
veja +