Ratzinger explica porque renunciou ao papado

autor Misto Brasília

Postado em 09/09/2016 08:47:29 - 08:43:00


Bento 16 durante o exercício do papado em apresentação no Vaticano/Divulgação

Disse que não foi pressão e suas explicações estão em livro a ser lançado nos próximos dias

Joseph Ratzinger, o papa Bento 16 que renunciou ao cargo há quase quatro anos (em fevereiro de 2013), explicou que  “o texto da renúncia eu escrevi. Não posso dizer com precisão quando, mas no máximo duas semanas antes. Eu o escrevi em latim porque algo tão importante se faz em latim.

A declaração faz parte de um livro a ser lançado nos próximos dias.

“Não se tratou de uma retirada sob pressão dos eventos ou de uma fuga pela incapacidade de encará-los”, disse. A saída também não foi uma consequência de uma desilusão ou algum tipo de coação: “Não o teria permitido”, nem “teria renunciado” ao pontificado se tivesse estado “sob pressão”, reiterou.

“Últimas conversas” não é o único livro-entrevista sobre Bento XVI comentado nas últimas semanas, já que no dia 30 de agosto foi lançado “Servitore di Deo e dell’umanità” (“Servidor de Deus e da humanidade”), do italiano Elio Guerriero. (Com a Veja e a EFE)

 


Orquestra de Brasília e o Coral 10 interpretam Cio da Terra
Governador do Pará diz que contas dos estados passarão por pente-fino
veja +
Proposta reserva vagas de instituições de ensino para pessoas com deficiência
Câmara analisa propostas para deduzir do IR despesas com remédios, óculos e próteses
Ibaneis disse que vai "colaborar" para a aprovação da reforma previdenciária
veja +