Ibaneis demite presidente da CEB que foi contra a privatização

autor Misto Brasília

Postado em 04/06/2019 11:55:35 - 11:48:00


Wander Azevedo comandava a CEB Distribuição desde o início do ano/Arquivo/Divulgação

Wander Azevedo estaria atrasando o processo para a venda da estatal que distribui a energia elétrica

Mais uma defecção no segundo escalão do governo de Ibaneis Rocha (MDB) foi anunciada esta manhã. Depois de chefes de unidades de saúde, o governador do Distrito Federal demitiu o presidente da CEB Distribuição, Wander Azevedo. (Veja abaixo nota da holding sobre o assunto.)

Azevedo seria contra o projeto de venda da companhia como deseja o governador. “Não dá para esperar mais. A privatização tem que sair. Estou com uma licença para vencer em seis  meses”, disse Ibaneis, referindo-se à concessão por parte da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), segundo publicou o CB.

Servidor federal de carreira, o ex-presidente da estatal brasiliense volta para o Ministério da Economia. O presidente da holding da CEB, Edson Garcia, vai acumular os cargos.

Nota da CEB

O Conselho de Administração da CEB Distribuição, por indicação do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, procedeu nesta segunda-feira (03.06) uma nova eleição para o cargo de diretor-geral da Companhia. 

O atual presidente da Companhia Energética de Brasília, Edison Garcia, foi eleito para o cargo de diretor-geral da CEB Distribuição, no lugar de Wander Azevedo, que deixa a Companhia. 

Com a mudança, a CEB retoma o modelo histórico de governança, em que o diretor-presidente da CEB Holding exerce, de forma simultânea, o cargo de diretor-geral da CEB Distribuição.


Misto Brasília daqui a uma semana - site de notícias apresenta novidades
AO VIVO TV Euronews
veja +
Entidades defendem integridade das unidades de conservação
Câmara vai analisar projeto que regulamenta esportes eletrônicos no Brasil
Ibaneis explica como será o patrocínio do basquete para fazer de Brasília a capital do esporte
veja +