Comissão acompanha julgamento de feminicídio no DF

autor Misto Brasília

Postado em 29/04/2019 11:18:54 - 11:11:00


Deputada Flávia Arruda é coordenadora de comissão externa da Câmara/Divulgação

Flávia Arruda disse que o objetivo é fiscalizar como os casos estão sendo tratados no país

A deputada Flávia Arruda (PR) disse nesta manhã que está acompanhando o julgamento do ex-policial Ronan Rego, acusado de matar a ex-namorada Jessyka Laynara, em 4 maio de 2018, na casa da jovem, em Ceilândia, em frente à avó e ao primo dela. Ele está preso no Complexo Penitenciário da Papuda, foi expulso da PM em fevereiro passado e também tentou matar o professor de educação física Pedro Henrique Torres, que tinha começado um relacionamento com Jessyka

Flávia é coordenadora da comissão externa de combate à violência contra a mulher e feminicídio da Câmara dos Deputados. Segundo ela, a presença da comissão cumpre um dos objetivos da sua criação que é fiscalizar como os casos de feminicídio estão sendo tratados no país, desde o registro da denúncia até o julgamento.

Segundo divulgou sua assessoria, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) divulgou que em 2018 existiam 4.461 processos ligados a casos de feminicídios aguardando decisão da Justiça brasileira - número 34% maior do que o verificado dois anos antes, em 2016 - 3.339 casos.


Ibaneis bate boca com deputados distritais da oposição sobre escolas militares
AO VIVO TV Câmara Legislativa
veja +
Maia vai instalar nesta quarta comissão para discutir novas regras para o saneamento
Deputados cobram desbloqueio de recursos para a educação
Presidente da Cobap, Warley Gonçalves, sugere uso da máquina para reeleição
veja +