PSol vai entrar com ação contra extinção de conselhos

autor Misto Brasília

Postado em 15/04/2019 07:25:53 - 07:21:00


Presidente nacional do Psol, Juliano Medeiros, que vai entrar com uma ação/Arquivo/Divulgação

Decreto assinado na semana passada deve reduzir de 700 para 50 o número desses colegiados

O presidente Jair Bolsonaro assinou, dentro do pacote dos 100 dias do governo, projeto de lei complementar para alterar a forma de indicação de dirigentes de instituições financeiras. Uma das mudanças prevê que os dirigentes de bancos públicos também deverão ser aprovados pelo Banco Central, assim como é hoje com os bancos privados. A proposta enviada ao Legislativo altera a sistemática estabelecida pela Lei nº 4.595/1964.

O presidente nacional do Psol, Juliano Medeiros, entrará hoje com ação popular na Justiça Federal pedindo a anulação do decreto presidencial que extingue conselhos de participação social no âmbito federal.

A meta é diminuir cerca de 700 para 50 o número de colegiados que atuam na administração federal direta e indireta.  De acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, os conselhos são resquícios das administrações petistas.


AO VIVO - Câmara Legislativa do DF
Tempestade provoca inundação em Brasília neste domingo
veja +
Governador do Piaui aposta na unificação de pautas entre os estados
Ibaneis anuncia 37 parques nos próximos anos na entrega do Lago Cortado
LDO prevê salário mínimo de R$ 1.040 em 2020, com correção apenas pela inflação
veja +