Nova operação policial contra diretores do Banco de Brasília

autor Misto Brasília

Postado em 21/03/2019 10:44:07 - 10:41:00


Vasco Gonçalves, que foi presidente do BRB, também já foi preso/Arquivo/Divulgação

Entre os investigados estão os ex-presidentes do banco, Vasco Gonçalves e Ricardo Leal

Nova operação da Polícia Federal está sendo realizada nesta manhã contra ex-diretores do Banco de Brasília (BRB). É a operação Circus Maximus, desdobramento da Greenfield, que investiga fraudes em fundos de pensão. Segundo as investigações, o grupo pratica desde 2014, junto com empresários e agentes financeiros, crimes contra o sistema financeiro, corrupção, lavagem de dinheiro e gestão temerária.

Entre os investigados estão os ex-presidentes do banco, Vasco Gonçalves e Ricardo Leal. Este último foi o arrecadador de recursos da campanha do ex-governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Leal perdeu o benefício da prisão domiciliar e hoje está no Complexo Penitenciário da Papuda desde o final de fevereiro. Já Gonçalves foi preso no dia 29 de fevereiro e tinha sido indicado para presidir o Banestes (banco oficial do Espírito Santo) pelo governador Renato Casagrande (PSB).

Desde que iniciaram as operações, 17 pessoas já foram presas por conta de desvios de R$ 40 milhões em movimentações que ultrapassam a R$ 348 milhões, segundo o Ministério Público Federal. A 10ª Vara Federal em Brasília também deve decidir pelo confisco de valores e uma indenização correspondente ao triplo das quantias desviadas por cada um.

O esquema consistiu no pagamento de propina para que o BRB e outros fundos de pensão aportassem valores em, pelo menos, dois empreendimentos: o FIP LSH (relacionando ao antigo Trump Hotel, na Barra da Tijuca) e o FII SIA (relacionado ao empreendimento Praça Capital, desenvolvido pela Odebrecht Realizações e pela Brasal Incorporações).


AO VIVO TV Câmara Legislativa
Estudantes do Gisno protestam contra a adoção do modelo cívico-militar
veja +
Maia vai instalar nesta quarta comissão para discutir novas regras para o saneamento
Deputados cobram desbloqueio de recursos para a educação
Presidente da Cobap, Warley Gonçalves, sugere uso da máquina para reeleição
veja +