TJDF faz nesta sexta audiência sobre o uso do Lago Paranoá

autor Misto Brasília

Postado em 14/03/2019 17:03:12 - 16:58:00


Abrir as margens para uso popular provocou muita discussão/Arquivo/Divulgação

Há ações populares que contestam a utilização do uso da orla autorizada pela justiça distrital

Será nesta sexta-feira (15) a audiência pública do Judiciário para discutir implicações da ocupação da orla do Lago Paranoá. O Tribunal de Justiça do Distrito Federal analisa três ações públicas apensadas num único processo que questiona a abertura do local. A polêmica envolve especialmente questões ambientais.

A audiência começa às 14 horas e será presidida pelo juiz da Vara de Meio Ambiente, Carlos Frederico de Medeiros. O local é o auditório do bloco A do Fórum de Brasília. Representantes de 13 instituições e órgãos públicos foram convidados a dar opinião. O governador Ibaneis Rocha, que tem uma casa no Lago Sul, disse que abrir as margens do Lago é o mesmo que provocar poluição.

A utilização do uso da orla do Lago Paranoá decorre de acordo de desocupação firmado entre o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios e o DF, homologado pela mesma Vara Ambiental.


Governador do Piauí diz que Brasil precisa crescer independente da Previdência
Bolsonaro diz que pretende acabar com radares móveis nas rodovias
veja +
Bolsonaro diz no Nordeste que governadores devem apoiar a reforma da Previdência
Relator do grupo de trabalho anticrime defende endurecimento da lei penal
Deputados querem que combate ao câncer priorize o diagnóstico precoce
veja +