Escritório de advocacia envolvido em grilagem de terra no DF

autor Misto Brasília

Postado em 14/03/2019 12:09:12 - 12:05:00


Demarcações de lotes já estavam feitos em condomínio irregular/Divulgação/PCDF

Advogados recebiam lotes em troca da prestação de serviços; um dos investigados está foragido

Nova operação contra a grilagem de terras no Distrito Federal foi deflagrada nesta manhã. Foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva. Um dos alvos foi um escritório de advocacia que está envolvido na associação criminosa, já que dois advogados (nome não foram revelados) recebiam lotes em troca de serviços prestados

Segundo informaram os investigadores da Delegacia do Meio Ambiente da Polícia Civil, ações tiveram início quando integrantes do grupo invadiram uma Chácara na região de Arniqueiras, próximo a Águas Claras. Os lotes eram vendidos entre R$ 70 mil e R$ 160 mil, embora o local tenha sido visitado por diversas vezes pela fiscalização da Agefis.

Na quinta fase da Operação Terra Limpa, o objetivo foi investigar a organização que é especializada no crime de parcelamento irregular do solo e atuava também na prática dos crimes de falsificação de documentos, extorsão e ameaça. Durante a Operação foram também realizadas duas prisão em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Um dos investigados encontra-se foragido


Governador do Piauí diz que Brasil precisa crescer independente da Previdência
Bolsonaro diz que pretende acabar com radares móveis nas rodovias
veja +
Bolsonaro diz no Nordeste que governadores devem apoiar a reforma da Previdência
Relator do grupo de trabalho anticrime defende endurecimento da lei penal
Deputados querem que combate ao câncer priorize o diagnóstico precoce
veja +