Lula se despede do neto prometendo inocência

autor Misto Brasília

Postado em 02/03/2019 17:03:25 - 16:55:00


Lula entra no carro após o enterro do neto Arthur em São Bernardo/Reprodução

Ex-presidente acompanhou o velório e a cremação do corpo de Arthur que morreu aos sete anos

Liberado pela Justiça para acompanhar o velório e a cerimônia de cremação de seu neto Arthur, de 7 anos, que morreu vítima de meningite na sexta-feira, o ex-presidente Lula da Silva atacou os responsáveis por sua condenação na Lava-Jato e lembrou que o garoto sofria bullying na escola por ser seu neto.

O ex-presidente retorna à carceragem da Polícia Federal em Curitiba, após participar do velório e acompanhar a cremação do corpo de seu quinto neto, Lula ficou cerca de duas horas no cemitério, onde chegou escoltado e acompanhou o velório e a cerimônia de cremação ao lado de amigos e da família. 

As declarações foram dadas em um ambiente fechado, onde não foram permitidas gravações nem a presença de jornalistas. “As pessoas que me condenaram... duvido que elas possam olhar para os netos como eu olhava para você” disse Lula, dirigindo-se ao corpo do neto, de acordo com relatos.

Do lado de fora, seis agentes da Polícia Federal armados com fuzis protegiam a porta por onde Lula entrou. Simpatizantes que não puderam acompanhar a cerimônia gritavam palavras de apoio.

Depois do velório, o corpo de Arthur foi levado para a sala de cremação. Um padre e dois pastores fizeram uma celebração religiosa. Antes do corpo ser baixado, Lula falou algumas palavras. Agradeceu a solidariedade dos presentes e disse que não se conformava de ver um neto ir embora antes do avô. (Com a ABr e o Extra)


Governador do DF, Ibaneis Rocha, afirma que o TCU é um "tribunal de merda"
AO VIVO TV Euronews
veja +
Câmara conclui MP da Liberdade Econômica e aprova projeto de abuso de autoridade
Ibaneis sobre a avó de Michele Bolsonaro: se quero atendimento mais rápido pago plano de saúde
CCJ do Senado aprova atuação de juizados de violência doméstica
veja +