Lava Jato apura pagamento de propina na Transpetro

autor Misto Brasília

Postado em 31/01/2019 08:15:25 - 08:11:00


Nova fase da Operação Lava Jato avança sobre contratos da Transpetro/Arquivo

Operação está sendo realizada nesta manhã e que investiga 32 contratos de cerca de R$ 682 milhões

Está em andamento a 59ª fase da Operação Lava Jato, que apura pagamento de propinas em contratos de R$ 682 milhões na Transpetro, empresa ligada à Petrobras. A Polícia Federal informou que está sendo investigado Wilson Quintella Filho, acionista e ex-presidente de empresas do Grupo Estre, um ex-executivo do grupo e o advogado Mauro de Morais.

A imprensa informou pela manhã que são investigados 36 contratos que totalizaram, entre 2008 e 2017, e pagamentos ilícitos superiores a R$ 22 milhões.

O Ministério Público Federal informou que as investigações tiveram início a partir de declarações de Sérgio Machado, que é ex-presidente da Transpetro e foi indicado e mantido no cargo pelo então PMDB, que celebrou acordo de colaboração.


AO VIVO TV Câmara Legislativa
Estudantes do Gisno protestam contra a adoção do modelo cívico-militar
veja +
Maia vai instalar nesta quarta comissão para discutir novas regras para o saneamento
Deputados cobram desbloqueio de recursos para a educação
Presidente da Cobap, Warley Gonçalves, sugere uso da máquina para reeleição
veja +